Cofre PorquinhoAlém de todos os benefícios que o sabonete artesanal proporciona para a pele, sua produção também pode se tornar um negócio próprio para quem resolve investir.

Veja os passos para começar a vender sabonete artesanal

  • Se você deseja ter um dinheirinho a mais no fim do mês, comece a fazer sabonetes personalizados e mostre-os para pessoas do seu convívio, as vizinhas, amigas, parentes, colegas de trabalho e aos poucos de boca em boca seu trabalho se tornará mais conhecido. Peça ajuda delas para divulgá-lo!
  • Mantenha sempre a qualidade do seus produtos, melhore e inove para que não perca a credibilidade.
  • Faça sabonetes por encomenda. Dê a liberdade dos clientes escolherem a cor, o desenho, a fragrância, ou até o formato e o design do sabonete.
  • Invista também em um site, blog, ou alguma página na internet em que é possível colocar fotos dos produtos e divulgá-los. Se possível, use um sistema de venda online ou coloque seu telefone e email para contato. Peça ajuda de todos para divulgar sua página nos sites de relacionamento.
  • Monte um catálogo com fotos e preços dos seus sabonetes para que os clientes possam escolher ou desenvolverem um modelo próprio a partir do que você oferece.
  • Além de vender apenas os sabonetes artesanais, crie um “kit para presente”, com sabonetes de diferentes tipos, cores, aromas, formatos, junto com sabonetes líquidos e outro acessórios como uma esponja, toalha, óleos, cremes, lenços... crie de acordo com a sua imaginação ou faça uma pesquisa para ver o que os clientes preferem. Ao procurar por algo para dar de presente, com certeza o kit chamará atenção.
  • Faça sabonetes para lembrancinhas de chá de bebê, chá de panela, sachês, etc.

IMPORTANTE: A embalagem conta muito na hora da venda, faça ou compre embalagens de boa qualidade, bonitas, diferenciadas, divertidas, e combinando com os sabonetes. Sugestões: caixinhas, saquinhos (de tecido, plástico colorido, transparente, entre outros), cestas, plásticos, etc.

*Uma boa dica é fazer parceria com alguém que faça embalagens artesanais, para que um ajude a divulgar o trabalho do outro.

Se o seu desejo for abrir realmente uma empresa e ter um local fixo de venda, faça uma boa pesquisa de mercado, veja como é o andamento de outras empresas da área, e conheça seus concorrentes.

Depois disso, tente criar caminhos e planos para chamar atenção dos clientes, descubra o que eles realmente procuram, defina quais serão os produtos vendidos, invista em publicidade e marketing para divulgar sua empresa, tenha sempre algo diferente de tudo que já existe (seja um produto ou serviço), procure profissionais qualificados para sua equipe, tenha bons fornecedores... e após fazer todo o plano de negócio, é necessário saber como abrir uma empresa. É aonde entra a parte burocrática, papelada, contador, contrato, imposto, aluguel, etc!

Dica: para se profissionalizar e aprender mais, invista em um curso de sabonete artesanal!

Como Calcular o Preço

1º Passo - Pesquisa

Faça uma pesquisa para saber qual é o preço da concorrência, pois assim é possível estipular um valor competitivo, pois você já sabe quanto o cliente está disposto a pagar.

2º Passo - Cliente

Defina qual é o seu público alvo.

3º Passo - Gastos com Material

Liste todo o custo que você teve com o material, desde a glicerina até o papel da embalagem.

4º Passo - Gastos Fixos

Além do preço do material, é necessário adicionar um valor pelo seu trabalho e colocar outros gastos fixos (exemplo: energia).

5º - Valor de Custo

Suponhamos que você produza 50 sabonetes por mês. Divida o total dos gastos fixos (seu trabalho + contas fixas) pelo número de peças: 150:50 = 3,00 Some o resultado ao gasto com material (por sabonete): 3,00 + 1,50 = 4,50

Esse é o custo total por cada sabonete. Agora cabe a você estipular por que preço irá vender.